Notícias

AIDS NA TANZÃNIA (ÃFRICA)

21/05/2005 - www.hiv.org.br

AIDS Mata quase 3000 professoras por ano

Segundo informações do Ministério da Educação da Tanzânia, o país perde anualmente 2.880 professores por causa da AIDS. A maioria dos 155.000 professores do país, que representam aproximadamente 50% de todos os empregados governamentais, vivem em áreas rurais onde o acesso a preservativos e drogas anti-retrovirais é limitado. A Comissão Nacional de AIDS da Tanzânia estuda estratégias visando distribuir esses insumos em áreas rurais para professores afetados para que eles continuem a ensinar. O Ministério da Saúde da Tanzânia disse que irá aumentar o número de pessoas em tratamento para 40.000 pacientes até o final de2005. Estima-se que 12% a 15% da população adulta da Tanzânia têm HIV/AIDS e que aproximadamente 200.000 pessoas necessitam urgentemente de tratamento.